Notícias

Bancos estão mais otimistas com o desempenho da carteira de crédito livre em 2019

Segundo a edição de novembro da Pesquisa FEBRABAN de Economia Bancária, a expectativa é que a carteira cresça 12,7% este ano. O percentual é 0,9 pp maior do que a projeção média de expansão de 11,8% feita na edição de outubro do levantamento

 

Os bancos estão mais otimistas com relação ao desempenho da carteira de crédito livre neste ano. É o que aponta a última edição da Pesquisa FEBRABAN de Economia Bancária, segundo a qual, a carteira deve crescer 12,7% em 2019. Os resultados mostram melhora na expectativa para o desempenho do mercado de crédito desde o levantamento anterior, feito em outubro, quando os respondentes projetavam expansão de 11,8% nas linhas em que não há destinação obrigatória para os recursos. 

O levantamento foi feito com 18 bancos entre os dias 6 e 12 de novembro, e tem o objetivo de captar as percepções dos participantes sobre a última ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e projeções sobre o mercado de crédito. A pesquisa é realizada a cada 45 dias, logo após a divulgação da última reunião do Copom.

As expectativas positivas são puxadas, principalmente, pelo bom desempenho da carteira de crédito livre para pessoa física, cuja projeção de crescimento para este ano subiu de 13,5% na pesquisa de outubro, para 15,1% em novembro. Tal melhora foi observada tanto na projeção para o crescimento da carteira de crédito para aquisição de veículos (de 15,8% para 16,0%), quanto para o crédito pessoal (de 12,2% para 12,5%).

Entre os motivos citados para justificar as projeções otimistas estão a perspectiva de maior crescimento econômico, a redução da taxa de juros, a liberação de recursos do FGTS e PIS/Pasep, a maior geração de empregos com carteira assinada e o ambiente de inflação controlada.

No caso do crédito livre para pessoas jurídicas, a pesquisa também mostra melhora na projeção para este ano. A expansão média projetada avançou de 9,4% (outubro) para 9,7% (novembro). Ainda para 2019, cabe citar que a expectativa para a taxa de inadimplência da carteira livre mostrou ligeira melhora, recuando 0,1 pp, de 3,8% para 3,7%.

Para 2020, houve ligeira melhora na projeção de crescimento da carteira total, de 7,7% para 7,8%. O resultado positivo é fruto de uma revisão para cima da expectativa de expansão da carteira livre total, de 11,1% para 11,9%, puxada pelo bom desempenho esperado para o crédito para pessoa física, cuja taxa de expansão projetada ficou em 12,6%.

A íntegra da Pesquisa FEBRABAN de Economia Bancária está disponível neste link

Diretoria de Comunicação da FEBRABAN
imprensa@febraban.org.br
3244-9831/9942
www.febraban.org.br
Twitter: @FEBRABAN

Assunto
Período
>>BUSCA AVANÇADA
Diretoria de Comunicação da Febraban
Email: imprensa@febraban.org.br
Tel: 55 11 3244-9942/9831
Twitter: @febraban

Equipe:
Cleide Rodriguez - Gerente de Comunicação
Adriana Mompean - Assessora de Imprensa
Arthur Chioramital - Assessor de Imprensa
Anna Gabiatti - Assistente