Notícias

FEBRABAN compartilha imagens de câmeras de segurança das agências bancárias com a PM de Minas

 

Sistema com tecnologia inédita no Brasil vai reduzir, de dias para apenas algumas horas, o tempo para obtenção das gravações pelas autoridades

 

A FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos criou um sistema para compartilhamento de imagens das câmeras de segurança das agências com as autoridades policiais. A ferramenta foi criada para agilizar o processo de solicitação e entrega das filmagens pelo sistema de CFTV das agências bancárias. A execução do projeto começa nesta quarta-feira (31) com a assinatura de um acordo de cooperação entre a Federação e a Polícia Militar mineira.

Hoje em dia, os policiais precisam ir pessoalmente às agências ou encaminhar um ofício pedindo as gravações. Uma vez feita a solicitação, um funcionário do banco pede autorização para a central que coordena a segurança da instituição financeira, para preparar e ceder as imagens. Esse processo pode levar dias.

“Com a entrada em operação do sistema, as autoridades terão acesso às imagens em poucas horas”, diz Walter de Faria, diretor-adjunto de Operações da FEBRABAN.

A ferramenta desenvolvida pela FEBRABAN é uma espécie de portal, por meio do qual será possível solicitar e receber as imagens das câmeras de segurança das agências bancárias. Tudo de forma centralizada. Como o sistema conecta a PM às centrais de segurança dos bancos, ele elimina os intermediários e a necessidade de deslocamento de um policial até a agência para fazer o pedido das filmagens, o que agiliza o processo, de forma significativa.

O portal já está pronto para entrar em operação e pôr à disposição das autoridades as imagens feitas pelas câmeras de segurança em funcionamento nas agências bancárias de todo o Estado de Minas Gerais. Faltam, apenas, questões operacionais do uso da plataforma, como criação de logins e senhas, cadastro dos profissionais que terão acesso ao sistema e definição de fluxos para solicitação e envio das imagens. Esse processo deve demorar cerca de um mês para ser concluído.

Nessa primeira fase, o sistema irá conectar os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander) com a Polícia Militar de Minas gerais. Ele tem capacidade para integrar outras instituições financeiras e forças de segurança, como a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Civil, tanto de Minas Gerais quanto de outros Estados que tiverem interesse em fazer parte da rede.  

“Como nossa infraestrutura é toda em nuvem, é possível expandir facilmente a capacidade do sistema e aumentar rapidamente o número de participantes e volume de dados que trafega por ele”, explica Faria.   

Ao criar uma forma de dar rápido acesso às imagens feitas pelas câmeras instaladas fora das agências, o sistema vai ajudar as autoridades a solucionar crimes ocorridos nos arredores dos postos de atendimentos, mesmo que eles não tenham relação com os bancos. “Foi a forma que encontramos de colocar a infraestrutura de segurança dos bancos a serviço da segurança pública”, informa Faria.

 

FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos
Diretoria de Comunicação                          
11 3244-9831/9942
Twitter: @febraban
imprensa@febraban.org.br

 

Assunto
Período
>>BUSCA AVANÇADA
Diretoria de Comunicação da Febraban
Email: imprensa@febraban.org.br
Tel: 55 11 3244-9942/9831
Twitter: @febraban

Equipe:
Cleide Rodriguez - Gerente de Comunicação
Adriana Mompean - Assessora de Imprensa
Arthur Chioramital - Assessor de Imprensa
Anna Gabiatti - Assistente