Notícias

Informativo Semanal de Economia Bancária (Iseb)

O destaque da agenda econômica da semana será o resultado da produção industrial, que deverá mostrar alta de 1,0% em fevereiro em relação ao mês anterior, e crescimento de 2,3% ante fevereiro do ano passado. Segundo o Informativo Semanal de Economia Bancária, divulgado hoje (01) pela FEBRABAN, a indústria reforça expectativas de que voltará à trajetória de recuperação. A pequena aceleração, na margem, dos indicadores de inflação já divulgados no mês não levanta preocupação, já que é explicada principalmente por fatores sazonais.

O mercado de crédito, com maior aceleração no saldo das contratações, expansão das concessões quando se ajustam os dados sazonalmente, e queda na inadimplência, mostra também uma leve recuperação, na margem, contida pelo mercado de trabalho ainda pouco aquecido. As taxas de juros, apesar de mostrarem um pequeno crescimento também na margem, tiveram queda em todos os segmentos quando comparadas com os valores de 12 meses antes. “As expectativas para o desempenho do mercado de crédito seguem positivas, devido a recuperação econômica (ainda que modesta), e baixa taxa Selic, inadimplência e endividamento das famílias”, conclui o boletim.

O consenso do mercado para resultado da balança comercial de março indicava um superávit de US$ 5,3 bilhões, pouco acima do efetivamente anunciado nesta segunda-feira pelo ministério da Economia, que ficou em US$ 4,9 bilhões. O resultado é menor que o saldo observado em 2018, de US$ 6,3 bilhões, mas o saldo acumulado no ano segue robusto. O bom desempenho do investimento estrangeiro direto (IED), com ingresso, no país, de US$ 8,4 bi no mês de fevereiro, bem acima dos US$ 4,7 bi registrados no mesmo mês do ano passado, fez crescer o valor do IED acumulado em doze meses, de US$ 85,8 bilhões em janeiro para US$ 89,5 bilhões (4,8% do PIB) em fevereiro. “De maneira geral, as contas externas seguem ajustadas, com baixo déficit, financiado com folga pelo ingresso de investimento externo, sendo capaz de absorver choques negativos vindos do cenário externo”, avalia o Iseb-FEBRABAN.

As incertezas nos Estados Unidos e a crise do Brexit na Europa induzem a um cenário de aversão ao risco no campo externo. Na sexta-feira (5), o Departamento do Trabalho dos EUA divulgará o relatório de emprego de março. O consenso do mercado, segundo a Bloomberg, estima geração de 175 mil vagas no mês, sinalizando recuperação depois do dado de fevereiro, quando foram geradas apenas 20 mil vagas.  Hoje de manhã, foi divulgada que a taxa de desemprego da zona do euro ficou estável na passagem de janeiro para fevereiro, em 7,8%.

O Informativo ainda destaca o lançamento do novo formato de crediário pelo cartão de Crédito lançado na semana passada em evento da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços). De acordo com o Iseb, a nova opção poderá ser contratada no momento da compra, diretamente pelas maquininhas, com taxas de juros a partir de 0,99% ao mês e prazo de até 36 meses para o pagamento.

O Informativo Semanal de Economia Bancária completo pode ser acessado neste link.

 

Assunto
Período
>>BUSCA AVANÇADA
Diretoria de Comunicação da Febraban
Email: imprensa@febraban.org.br
Tel: 55 11 3244-9942/9831
Twitter: @febraban

Equipe:
Cleide Rodriguez - Gerente de Comunicação
Adriana Mompean - Assessora de Imprensa
Arthur Chioramital - Assessor de Imprensa
Anna Gabiatti - Assistente