Notícias

06/03/2018

FEBRABAN premia pesquisas acadêmicas sobre economia bancária

Finanças públicas, dívidas perpétuas e o avanço tecnológico estão entre os destaques do IX Prêmio INFI-FEBRABAN de Economia Bancária – 2017, promovido pela Federação Brasileira de Bancos para estimular educação e pesquisa voltada à economia brasileira. No total serão distribuídos R$ 65 mil e a cerimônia de entrega acontece no dia 9 de março, em São Paulo, com as presenças do presidente da FEBRABAN, Murilo Portugal, e do diretor de Política Econômica do Banco Central do Brasil, Carlos Viana de Carvalho.

Risco fiscal na gestão de governos estaduais e seus impactos no setor bancário foi o tema do trabalho vencedor da Categoria A desta edição do prêmio, desenvolvido por Solange Maria Guerra, Thiago C. Silva e Benjamin M. Tabak. O estudo propõe um novo indicador estatístico, com dados históricos e prospectivos, para estimar a probabilidade de default de crédito por parte dos estados e o possível impacto sobre o Sistema Financeiro Nacional da eventual inadimplência provocada pelo desequilíbrio fiscal nesses entes federativos – tarefa importante, considerando o quadro atual de fragilidade das finanças públicas do país. Uma das conclusões do trabalho é a constatação de que há forte resiliência do sistema financeiro diante do aumento do risco fiscal e baixo risco de contágio financeiro, em função dos elevados níveis de provisionamento e capitalização dos bancos.

Na categoria de Monografias de Graduação, o vencedor é o trabalho de Adriana Reali Saler, que faz uma análise aprofundada das dívidas perpétuas no mercado primário e secundário, frente a ativos de renda fixa clássica e de renda variável. As dívidas perpétuas são instrumentos híbridos de capital que surgiram como ferramenta para os bancos cumprirem as exigências por maior solidez no mercado financeiro. O estudo constata que, em ambientes positivos de mercado, as dívidas perpétuas se comportam de maneira mais próxima à renda fixa tradicional, e em períodos de estresse, estes instrumentos apresentam trajetória mais parecida com a das ações.

Uma das novidades desta edição do Prêmio é o tema da Categoria Especial, que abordou “as inovações da era digital e seus impactos sobre o setor financeiro”. O trabalho premiado nesta categoria sugere que o uso de canais de atendimento com maior componente tecnológico pode fortalecer o relacionamento bancário. Estas interações, por sua vez, podem estar correlacionadas com o aumento do consumo e dos resultados dos bancos, em função de ganhos de eficiência. Para elaborar este estudo, os autores Guilherme Cardim Mattos e Ana Luísa Abras utilizaram dados de um grande banco de varejo.

“Como entidade representativa do setor, achamos que é nosso papel estimular o debate e a produção de trabalhos acadêmicos nas áreas bancária e financeira”, afirma Rubens Sardenberg, diretor de Regulação Prudencial, Riscos e Assuntos Econômicos da FEBRABAN. A atenção à nova geração de clientes habituada ao mundo digital é uma das principais preocupações do setor bancário hoje, nota o economista. “Por isso, escolhemos como tema da categoria especial do prêmio deste ano trabalhos que abordem os impactos das inovações digitais nas transações bancárias, na oferta de serviços e na concessão de crédito.”

Confira a lista dos trabalhos vencedores do IX Prêmio INFI-FEBRABAN de Economia Bancária - 2017 em suas três categorias:

 

PRÊMIO INFI-FEBRABAN DE ECONOMIA BANCÁRIA - 9ª EDIÇÃO


CATEGORIA A | Dissertações, Teses e Artigos Acadêmicos

1º Solange Maria Guerra, Thiago C. Silva e Benjamin M. Tabak - Título do Trabalho: Fiscal Risk and Financial Fragility

2º Antonio Lima Neto - Título do Trabalho: Economias de Escala no SFN no período pós-estabilização

3º Gabriela Avancini Rodrigues - Título do Trabalho: Credit Portability and Spreads: Evidence in the Brazilian Market

CATEGORIA B | Monografias de Graduação

1º Adriana Reali Saler - Título do Trabalho: Dívidas Perpétuas: Renda Fixa ou Renda Variável?

2º Matheus Alves Vieira - Título do Trabalho: Agent-based model: uma análise de alavancagem e falências de bancos e empresas

CATEGORIA C | Categoria Especial – Inovações da Era Digital

1º Guilherme G. Cardim Mattos e Ana Luísa G. Abras - Título do Trabalho: Social Media, Customer Service, and Profits: evidence from a large Brazilian retail bank


Ao todo, os vencedores receberam como prêmio um total de R$ 65 mil. A íntegra dos trabalhos estará em breve disponível no endereço https://economia.febraban.org.br/.

Assunto
Período
>>BUSCA AVANÇADA
Diretoria de Comunicação da Febraban
Email: imprensa@febraban.org.br
Tel: 55 11 3244-9942/9831
Twitter: @febraban

Equipe:
Cleide Rodriguez - Gerente de Comunicação
Adriana Mompean - Assessora de Imprensa
Arthur Chioramital - Assessor de Imprensa
Anna Gabiatti - Assistente